A Pista de Tartan PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Em 1979 o SCP inaugura a sua Pista de Tartan, cor de tijolo, com a organização da Taça dos Campeões Europeus de Atletismo, conquistando o 4º lugar, dando seguimento a um antigo sonho dos adeptos, atletas e dirigentes do Clube.

Desde a sua fundação em 1906, o atletismo era uma modalidade de grande implantação no SCP; algo que seria uma autêntica imagem de marca do Clube. Não havia pista, mas as provas decorriam no campo de futebol, primeiro pelado e, depois com relva. O local era o mesmo onde depois iria nascer em 1956 o Estádio José Alvalade.

Pista de Tartan

A primeira pista de cinza é inaugurada em 1945 no Estádio Lumiar com um Portugal -Espanha em atletismo disputado nos dias 15 e 16 Setembro de 1945. Desta forma, a organização de diversos meetings nacionais e internacionais intensificaram-se.

No dia 9 Setembro de 1949, o atleta norte-americano Fortune Gordian bateu o recorde mundial do lançamento do disco, com 56,46 metros. Era o prenúncio do valor e da importância da nossa pista de atletismo, que viria a protagonizar muitos outros feitos. No dia 31 de Maio de 1981 Fernando Mamede bateu o recorde do mundo dos 10000 metros, o qual perduraria por 5 anos e na Europa durante 15 anos.

A Pista de Tartan, que poucos anos depois adaptaria em boa hora a cor verde foi um equipamento fundamental para o desenvolvimento do atletismo do SCP.

 

Estádios, Sedes e Campos

O SCP, desde a sua formação, fixou como objectivo o desenvolvimento da prática desportiva multidisciplinar, albergando inúmeras modalidades.

Neste contexto a evolução dos espaços sociodesportivos no nosso grande Clube é um aspecto relevante na história da instituição que pretendemos abordar neste sub menu.

 

Facebook Twitter YouTube Google+ RSS