Futebol PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Albano
Albano Narciso Pereira era um dos “violinos”. Nasceu no Seixal, no dia 21 de Dezembro de 1922 e morreu em 1990, no dia 5 de Março. Extremo-esquerdo, na verdadeira expressão do seu posicionamento em campo, Albano tinha uma enorme veia goleadora, consubstanciada nos muitos golos que marcou.

Azevedo
João de Mendonça Azevedo foi, para muitos, o melhor guarda-redes português de todos os tempos. O Sporting deu-lhe visibilidade total que, de resto, ele retribuiu ao serviço do clube e da selecção nacional. Nasceu no Barreiro, a 10 de Julho de 1915 e faleceu em 1991.

Carlos Gomes
Carlos António do Carmo Costa Gomes nasceu no Barreiro, a 18 de Janeiro de 1932 e faleceu no dia 17 de Outubro de 2005. Foi um guarda-redes extraordinário, dos melhores de sempre do futebol português.

Carvalho
Joaquim da Silva Carvalho nasceu no Barreiro, a 18 de Abril de 1937. Herdou da terra e da escola o grande guarda-redes que foi, conquistando um título que o deixou para sempre ligado à história do Sporting: a Taça dos Vencedores de Taças.

Cipriano
Cipriano Nunes dos Santos foi guarda-redes do Sporting e mais um a deixar cartaz. Esteve no Clube durante dez épocas.

Francisco Stromp
Francisco Stromp nasceu no dia 21 Maio de 1892, morreu a 1 de Julho de 1933, no dia em que o Sporting fazia 24 anos de existência. É, de facto, o grande símbolo do Sporting Clube de Portugal.

Hilário
Hilário Rosário da Conceição nasceu em Lourenço Marques no dia 19 de Março de 1939. Foi um defesa-esquerdo de eleição, tanto no Sporting como na Selecção Nacional. É um dos heróis das Taças das Taças, embora não tenha jogado a final, por ter fracturado uma das tíbias no jogo anterior com o Vitória de Setúbal.

Jesus Correia
António Jesus Correia era para muitos o primeiro dos “cinco violinos”. Os amigos tratavam-no por Necas e tinha duas paixões: o futebol e o hóquei em patins. Em qualquer das modalidades foi brilhante.

Jordão
Rui Manuel Jordão, nasceu em Bengela a 9 de Agosto de 1952, Avançado de grandes méritos, actualmente artista plástico de referência. Começou a jogar futebol no Sporting de Bengela. Tinha 16 anos de idade.

Juca
Júlio Cernadas Pereira (Juca) nasceu em Lourenço Marques, no dia 13 de Janeiro de 1929, e iniciou a sua carreira como futebolista do Sporting no ano de 1950. Foi Jogador e treinador de elevados méritos, igualmente ao serviço da Selecção Nacional.

Manuel Fernandes
Manuel José Tavares Fernandes nasceu em Sarilhos Pequenos no dia 5 de Junho de 1951. Representou primeiro o Sarilhense e a CUF, mas depois ingressou no Sporting, em boa hora, para ser o “capitão” e o homem dos golos. É outro “leão” de raça.

Mário Lino
Mário Goulart Lino nasceu na Horta (Açores) no dia 9 de Janeiro de 1937. Uma referência do Sporting, onde se mantém na estrutura técnico-administrativa. Foi um jogador de grande qualidade e um treinador de elevado mérito. Mário Lino é verde como a terra onde nasceu.

Mascarenhas
Domingos António da Silva (Mascarenhas) é natural de Angola (Vila Salazar). Nascido a 28 de Abril de 1937, começou a jogar no Sporting em 1962.

Morais
João Pedro Morais nasceu no Estoril a 6 de Março de 1935. Quem não se lembra do célebre cantinho do Morais que resolveu a questão da Taça das Taças?

Osvaldo Silva
Osvaldo Silva ingressou no Sporting em 1962/63 de onde nunca mais saiu, como jogador e treinador, ate que a morte o colhesse.

Peyroteo
Fernando Batista de Seixas Peyroteo nasceu e, Humpata (Huíla) a 10 Março de 1918 e morreu em Lisboa a 28 de Novembro de 1978. Foi o melhor avançado-centro de toda a história do futebol português. Era um dos “cinco violinos”.

Travaços
José António Barreto Travaços (“o Zé da Europa”) nasceu em Lisboa no dia 22 de Fevereiro de 1922 e faleceu a 12 Fevereiro de 2002. Veio da CUF (Unidos, ao tempo) para o Sporting, onde fez uma carreira notável. Foi o primeiro jogador português a fazer parte de uma Selecção da Europa.

Vítor Damas
Vítor Manuel Afonso Damas de Oliveira nasceu em Lisboa a 8 de Outubro de 1947 e faleceu, também em Lisboa, a 13 de Setembro de 2003 depois de ter assistido a inauguração do novo Estádio, no dia 6 de Agosto desse ano. Foi um guarda-redes de enorme classe, bem na linha dos grandes guarda-redes que o Sporting sempre teve.

Yazalde
Hector Casimiro Yazalde (Chirola para os amigos) nasceu em Buenos Aires no dia 29 de Maio de 1946 e faleceu na mesma cidade em 18 de Junho de 1997. Ingressou no Sporting em 1971, pelas mãos do dirigente Abraão Sorin.

 

Júlio Rendeiro

A história do SCP foi edificada com o contributo de inúmeros atletas que desde 1906 concretizaram um sonho que estará sempre por cumprir.

Nos primeiros tempos tratavam-se de atletas que simultaneamente eram dirigentes, seccionistas, roupeiros numa comovente demonstração de amor à camisola.

Neste espaço pretendemos evocar os homens e mulheres que engrandeceram o ideal de Francisco Stromp. Queremos valorizar aqueles que, nas mais diversas modalidades, transformaram o SCP na maior potência desportiva nacional, num dos maiores da Europa em títulos conquistados e no topo do mundo com mais de uma centena de atletas olímpicos.

Assumimos o legado deixado pelas várias gerações de atletas e por ele lutamos convictamente.

 

Facebook Twitter YouTube Google+ RSS