Rio Ave 3 - SCP 0


Seguimos coerentes com o rumo traçado em 1984

Nova derrota agora em Vila do Conde

Segunda, 31 Dezembro 2012

O último jogo de 2012 redundou em nova e perigosa jornada de clamoroso descalabro do futebol profissional do nosso grande SCP.

A presença da Torcida Verde em Vila do Conde ganhou especial impacto com o enésimo tifo direccionado para os Srs. Milhões que passeiam de forma infame as cores do clube. Nesta jornada até jogaram com outras cores o que minorou o impacto de tal "exibição". Foi neste sentido que a faixa "zero ídolos" acompanhada com 11 estandartes marcaram presença no Estádio dos Arcos.

Aos Sportinguistas como nós na Torcida Verde "exige-se" o reforço da militância em torno do ideal de Francisco Stromp. Estes são tempos complicados,intragáveis,quase inqualificáveis. O nosso "dever" enquanto intérpretes do ideal Sportinguista passa por afirmar a nossa condição de adepto. Adeptos, sempre orgulhosos do seu SCP, não confundem nem desmobilizam na razão directa dos resultados da bola. Quem assim reage são os "consumidores da bola", clientes do "futebol negócio".

O nosso lugar é na curva, no lugar onde os adeptos têm de estar. E o SCP é dos adeptos e de mais ninguém. Nem dos jogadores, nem dos seus "empresários", nem dos "fundos" a que estarão acorrentados.

Na Torcida Verde somos adeptos com uma única ambição: a de sermos adeptos e "apenas" adeptos. Adeptos dos estádios e dos pavilhões. O "resto" deixamos para os "notáveis, vips, conselheiros, comentadores e Cª".

Estes são tempos de resistência, tão difíceis quanto periclitantes, exigindo-nos a maior coerência possível; fieis ao rumo que temos trilhado desde 1984.

SPORTING e BASTA!

Rio Ave 3 - SCP 0
 

 

Facebook Twitter YouTube Google+ RSS