Luta contra o Futebol Negócio PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Sinteticamente podemos resumir os pontos "chave" que nos motivam a lutar pelos direitos dos adeptos:

- Para os "donos da bola" os adeptos são meros "números", tipo consumidores mas totalmente desprotegidos porque os organismos - FPF e LPF - que tutelam o (negócio) Futebol desprezam os adeptos. Tanto a FPF como a LPF são órgãos corporativos ao serviço dos dirigentes clubistas e dos interesses estritamente comerciais;

Futebol Negócio

- Para os "donos da bola" os grupos organizados de adeptos serão sempre "claques exército" ao serviço de seus interesses. Manipuláveis como marionetes, silenciadas com apoios nos ingressos, nos transportes e companhia;

- Para os "donos da bola", os adeptos não têm direitos. Os exorbitantes preços dos bilhetes, os horários dos jogos são tristes exemplos duma realidade revoltante para quem como nós assume como tarefa fundamental mobilizar os adeptos para o apoio ás cores do seu clube de forma incondicional e nas mais variadas condições;

- Os calendários do futebol profissional estão ao serviço dos interesses da Pay TV, pelo que os adeptos são os primeiros penalizados pelos jogos em dias de trabalho e de aulas ou em horários escandalosos;

- Para eles a verdade desportiva não interessa.O facto de se disputarem jogos em vários dias diferentes (ao longo de 4 e 5 dias!) demonstra o total desprezo pela verdade desportiva a favor dos interesses televisivos.

 

Setúbal 2 - SCP 0

Na Torcida Verde de há muito decidimos assumir posições em relação a temas considerados como verdadeiros "tabús" no mundo das "claques" (designação com a qual jamais nos identificámos).

Tratam-se de assuntos complicados, sobre os quais seria muito mais cómodo abdicar de tomar posição, escondendo-nos no "nim", algo tão usual numa sociedade onde a hipocrisia, o cinismo e a incoerência dominam impunemente.

Ter a coragem de tomar posição em relação a temas como a "violência organizada", "o enquadramento legal", "a política na curva", "o futebol moderno", "o ecletismo" entre outros, é uma demonstração inequívoca de coragem e maturidade.

 

Facebook Twitter YouTube Google+ RSS