Autonomia, Autofinanciamento, Espírito de Sacrifício e Imaginação! PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Procurámos estar, desde os primeiros tempos, sempre presentes no apoio ao clube.

Esta noção de Clube supera a noção de "clube futebol". Apoiar o SCP significava apoiar a Instituição, composta por uma realidade multi-desportiva. Por esse facto, desde a primeira hora os pavilhões foram um local onde a presença da Torcida Verde se destacava!

Portimonense - SCP 84/85

Sem líderes, ávidos ou obcecados com qualquer espécie de protagonismo e fazendo da união a bandeira que nos permitiria superar as dificuldades que se nos deparavam.

Todos éramos Torcida Verde, todos a constituíamos, inspirados por uma enorme vontade em participar na superação de dificuldades tão básicas como a ausência de um local para guardar o material ou o aluguer dos transportes para as deslocações!

Nos primeiros anos, rumávamos para o Estádio José de Alvalade a pé ou nos transportes públicos com as bandeiras, tambores, tubos e demais material, desde o local onde guardávamos esse material, então na Avenida do Brasil, a alguns quilómetros do Estádio.

Nas deslocações, inscrevíamo-nos no Departamento de Propaganda e Relações Publicas do SCP, pagando integralmente o preço do autocarro e do bilhete. Uma vez que o autocarro só arrancava se existissem adeptos que cobrissem o custo, invariavelmente foi graças à mobilização da Torcida Verde que essas "excursões" de apoio ao Clube se realizaram.

 

 

Facebook Twitter YouTube Google+ RSS